Sexta-feira, 8 de Abril de 2011
Terapia

 

Já fez um ano que o J.A. perdeu a sua companheira de toda a vida.
Veio à primeira consulta um mês depois da sua mulher ter morrido subitamente.
Com cerca de 70 anos, o cabelo branco contrastava com o preto integral que vestia.
Ainda em choque, sentia-se perdido. Não compreendia o que tinha acontecido. Não sabia o que fazer à sua dor.
Nunca tinha vivido sozinho. Os filhos já viviam cada um em sua casa. Não sabia cuidar de si nem da sua casa.
Na terapia começou por aprender a fazer o luto. A respeitar a sua dor e a expressa-la. A visitar emoções que estavam bloqueadas.
Foi educado numa geração em que os homens não choram. Que têm que ser fortes e duros. Com o choque emocional provocado pela morte da mulher percebeu que a sua sensibilidade tinha sido menosprezada ao longo da vida em nome da força e da luta.
Aos poucos foi libertando essas dores guardadas.
E foi mudando.
Começou a cuidar de si e da sua casa, a aprender tarefas que nunca na vida tinha realizado.
Começou a sair mais. A ocupar-se com coisas que gosta de fazer. A dar mais atenção aos netos e a conviver mais com eles. A dar também mais atenção a sinais na sua vida. A sincronicidades.
A vestir-se de outra maneira.
Tem chegado às últimas consultas com um grande sorriso na cara.
Reparei na roupa: camisa ao xadrez com tons laranja. Presa ao cinto a bolsa do telemóvel, também laranja...Calças desportivas, com bolsos nas pernas...
Divertido, conta o interesse que vizinhas têm demonstrado... ainda não está para aí virado...mas já se ri...e não põe essa hipótese de lado...
A sua maior preocupação desde o início era saber o que tinha acontecido à mulher...se a tinha perdido para sempre ou se a alma dela ainda vivia...
Agora já acredita que a alma dela vive, em outro plano, e que podem comunicar...já não duvida que esta separação é apenas física e que a sua partida teve um propósito superior que servia às almas de ambos...
Está a descobrir que com esta perda brutal recebeu uma nova oportunidade de viver... uma nova oportunidade de se conhecer a si próprio…de conhecer as suas fraquezas e as suas forças...tão diferentes daquilo em que sempre tinha acreditado...
Sobretudo está a aprender que a boa disposição e a paz são possíveis depois de uma grande adversidade...
O seu sorriso diz tudo...

 

Olinda Molar

Terapeuta do projecto Alexandra Solnado

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 11:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009
Perdas, Obstáculos e Bloqueios

 

TEORIA E PRÁTICA

 

Uma coisa é o que se aprende, outra coisa é o que se sente. Muitas vezes aprendemos coisas com consciência, outras com emoção e outras ainda de uma forma teórica, só que quando chega a hora de pôr em prática não conseguimos.

 

Imaginem uma pessoa que está em perda, e que sente que a vida de repente bloqueou. Estava tudo a correr bem mas entretanto surgiu um obstáculo, um bloqueio, e parece que a vida já não corre da mesma maneira. Ela tenta fazer as suas meditações, percebe que quando atraímos a perda é para mudar o caminho, etc, mas a perda não pára, a perda continua. Então o que acontece?

 

Acontece uma coisa que a nível energético é muito forte - a pessoa começa a questionar, a duvidar, a achar que é injusto, que não está certo, que o céu esta a ser demasiado exigente com ela …e porquê?

 

Não sei se já repararam, mas quanto mais conectados nós estamos, mais rápido vêm as consequências das nossas escolhas. Precisamente para nos dar a oportunidade de evoluir. Se uma pessoa que está no seu caminho fizer o que o céu lhe indicar quando surgir um bloqueio, tem uma oportunidade imediata vir a dar a volta a esse obstáculo. E a volta nunca vai ser muito comprida. Se esse bloqueio não lhe tivesse surgido, a pessoa iria seguir o caminho errado, durante muito mais tempo, que no fundo é o que acontece com as pessoas que ainda não estão espiritualizadas.

 

Se estamos a atrair um bloqueio é porque não há autorização energética para avançar, daí a importância de meditar para percepcionar qual a razão de ter atraído esse obstáculo. Pois cada bloqueio traz sempre uma mensagem, só temos que a descodificar.

 

Como Ele diz, Deus não escolhe os capacitados, ele capacita os escolhidos. E se você não fosse capaz de ultrapassar esse obstáculo, não o teria atraído.

 

 

Saiba mais sobre a Terapia de Desbloqueio Emocional

 

 

Saiba mais sobre o Curso “Como se conectar com o Céu sem deixar de andar por aqui”, com Alexandra Solnado

 

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 13:55
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Saiba como resolver a sua vida através da memória das suas Vidas Passadas
Alexandra Solnado
Alexandra Solnado tem-se dedicado, através dos cursos e terapias que desenvolveu no seu projecto espiritual, ao estudo e investigação do fenómeno da Reencarnação. Nomeadamente, de que forma é que poderemos melhorar, resolver e desbloquear os problemas da nossa vida actual, acedendo às memórias das nossas vidas passadas.

Uma abordagem terapêutica que, através da Regressão, tem permitido a milhares de pessoas descobrir quais as questões/emoções que trazem por resolver das suas vidas passadas, e como fazer para as ultrapassar no presente. É o desmontar dos segredos milenares de traumas e bloqueios que fomos acumulando ao longo das nossas vidas, para que possamos finalmente nos libertar e assim evoluir na nossa jornada espiritual.

Alexandra Solnado é autora de:
LUZ - Pergunte. O Céu Responde
A Alma Iluminada
Este Jesus Cristo Que Vos Fala, Livro 3 / A Era da Liberdade
Este Jesus Cristo Que Vos Fala, Livro 2 / A Lógica do Céu e a Lógica da Terra
Este Jesus Cristo Que Vos Fala, Livro 1/ A Entrega
A Minha Limpeza Espiritual (com CD de Exercícios)
O Eu Superior e Outras Lições de Vida (com CD de Exercícios)

Projecto Espiritual Alexandra Solnado – Terapia da Alma Site
Envie a sua questão
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações que só possam ter encaminhamento imediato. E-mail: vidas_passadas@sapo.pt
Pesquisar neste blog
 
Posts recentes

Terapia

Perdas, Obstáculos e Bloq...

Arquivo

Março 2016

Dezembro 2015

Outubro 2015

Julho 2015

Janeiro 2015

Outubro 2014

Setembro 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Tags

todas as tags

blogs SAPO
Subscrever feeds