Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vidas Passadas & Reencarnação

Vidas Passadas & Reencarnação

Registo Akáshico – A Memória da nossa Alma

17.02.09, Projecto Alexandra Solnado

 

O registo akáshico é onde estão guardadas as memórias dos acontecimentos de todas as nossas vidas, sejam as do passado, as do presente ou das que ainda iremos viver no futuro, conforme as acções e as escolhas que fizermos na vida actual. No fundo, é onde estão registados todos os passos da caminhada evolutiva do nosso verdadeiro Ser  Espiritual.

 

No registo akáshico, ou akásha (sânscrito), estão guardadas as nossas acções, desejos, esperanças, sonhos e sobretudo emoções e sensações (gustativas, auditivas, tácteis, visuais ou olfactivas), que podem ou ser acompanhadas de imagens. Daí a importância de dar valor a todos os detalhes que possam surgir numa regressão, mesmo quando são apenas pensamentos.

 

Conforme o tipo de energia que colocamos, seja a um nível mais profundo ou mais superficial, nos nossos gestos, pensamentos ou acções, ao longo de todas as nossas vidas, há um registo dessas memórias e uma densidade emocional que só é libertada quando tomamos consciência dela, a compreendemos e a equilibramos.

 

Como tudo no Universo, estes registos são mutáveis, pois são continuamente afectados por tudo o que fazemos, sentimos e aprendemos. Assim, quando acedemos a uma vida passada através de uma regressão e a compreendemos, bem como às emoções que finalmente aprendemos a resolver, podemos mudar os registos akáshicos (incluindo os do futuro).

 

E tudo poderá mudar. Ao compreendermos uma das nossas vidas podemos alterar as nossas emoções, pensamentos, atitudes e intenções sobre o presente e o passado, e a partir daí sobre o futuro também. Podemos mudar a nossa vibração, que afecta também a vibração de quem nos rodeia, que por sua vez afecta a vibração de quem as rodeia a elas…e assim entrar num ciclo positivo de mudança à escala global.

 

Como aceder?

 

Podemos aceder espontaneamente aos nossos registos akáshicos, durante os sonhos ou quando a nossa mente está relaxada e nos surge uma determinada imagem ou memória. O mesmo acontece com um som, odor, sensação local, ou uma pessoa ou situação que nos desperte uma sensação de dejá vu. É uma oportunidade que não deveríamos deixar escapar para resolver um determinado tipo de problema da nossa vida actual. Mas a forma mais terapêutica de aceder as estas memórias emocionais, e sobretudo limpar a densidade que elas nos provocam, é recorrer a uma Regressão.

 

O objectivo principal de uma Regressão é levar a pessoa aos momentos críticos ou traumáticos das suas vidas passadas, em que alguma emoção mal resolvida provocou um bloqueio emocional. Ao identificar esse “nó”, a pessoa irá colocar consciência nessa ferida e a partir daí aprender a libertar-se da dor. No fundo, é levar a pessoa a entender o motivo porque atraiu essa situação numa vida passada, para que possa resolvê-la no presente, e assim desatar esse nó kármico. Caso contrário, se esse nó não for resolvido, irá simplesmente arrastar-se ao longo de encarnações futuras… até ao momento em que a pessoa finalmente se espiritualize e se decida começar a limpar o seu karma.

 

Saiba mais sobre a Terapia de Regressão a Vidas Passadas

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.