Sexta-feira, 19 de Setembro de 2014
Reações Violentas... A influência das Vidas Passadas das nossas

Enquanto estiver a reproduzir as mesmas coisas negativas que já fez em vidas passadas, você não está a evoluir, de todo.

 

É só mais do mesmo.

 

E quanto mais você for lá atrás, a uma vida passada, perceber o que aconteceu, por consciência, para escolher diferente, aí sim, você vai estar na via da evolução.

 

Finalmente na via da evolução. 

 

Alexandra Solnado

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

www.alexandrasolnado.com

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 15:00
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 18 de Setembro de 2014
Depressão... A influência das Vidas Passadas

Sabia que a depressão pode ser provocada por um bloqueio emocional de uma vida passada?

 

Algo que aconteceu lá atrás e que foi tão doloroso que a pessoa ainda hoje não se consegue relacionar com as suas emoções, nem com as suas dores.

 

Como ultrapassar? Acedendo ao que aconteceu lá atrás, justamente para limpar e desbloquear. Porque a consciência é metade da cura.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Oiça também em SoundCloud



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 15:00
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 17 de Setembro de 2014
Perdas...A influência das Vidas Passadas

Nós somos energia. Energia que atrai tudo o que nos acontece. Inclusive as perdas. Quer saber como parar de atrair perdas e aprender a evitá-las na sua vida atual? Então veja o vídeo e saiba tudo sobre a influência das Vidas Passadas nas nossas Perdas.

 

Alexandra Solnado

 

 

Veja mais na página do  Facebook 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 15:00
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

A influência das Vidas Passadas na nossa vida atual

Olá,

As férias já acabaram, estamos no início de Setembro e está na hora de retomar este nosso Projecto de aprendizagem espiritual.

E vamos retomar... já.

 

Vamos então trabalhar. Um dos assuntos mais tratados no nosso Projecto é a Regressão a vidas passadas. É muito curioso o desconhecimento generalizado acerca do que são e a influência que têm as vidas passadas no nosso quotidiano. Pois bem, isso agora vai mudar.

 

Eu vou, a partir de amanhã, enviar-lhe um vídeo por dia, para que você consiga entender o que está por trás do assunto que mudou a minha vida - regressão a vidas passadas. Normalmente as pessoas não dão muito valor a isso, acham que “ah, sim, gostava de ir lá ver”, ou o contrário “tenho muito medo de ir lá ver” mas pensam que é só ir lá ver. Elas não entendem - aliás a maior parte das pessoas não entendem - a força que as vidas passadas têm na nossa vida atual. A herança que nós trazemos das vidas passadas é imensa. A memória kármica - a palavra “kármica” quer dizer “de vidas passadas” – a memória kármica reside nas nossas células de água, e nós temos 70, 80% de células de água. Eu hoje - depois destes anos todos de trabalho, depois de fazer milhares de regressões às pessoas que vêm cá ao projecto, - acredito que nós temos 70, 80% de memória lá de trás nesta vida atual. E essa memória faz-nos ter reações que às vezes nem nós conseguimos compreender, não têm, de todo a ver connosco…...Nunca lhe aconteceu de de repente reagir de uma  forma explosiva, impulsiva, e de alguma forma perceber que não é você que está ali? Parece que é uma energia espontânea, mas não é sua? E mais! Que nem sequer sabe de onde vem? Já lhe aconteceu? Isso é memória. Parece que quem fomos em outras vidas toma a dianteira,  controla tudo, e depois da explosão “acordamos”, como se não tivéssemos lá estado. Estranho, não é? A depressão... uma tristeza profunda que não sabemos de onde vem. A pessoa está tristíssima mas não sabe porquê. Às vezes nem há assim uma grande motivo na sua vida para estar tão triste, mas está... e de onde é que isto vem? Faz terapia, não passa... Tenta superar... não passa. E de repente, vai lá atrás, limpa... e passa! Há também as doenças!... muitas das doenças que os médicos chamam “doenças não diagnosticadas” têm a ver com memórias de vidas passadas. Uma pessoa, em outra vida morreu com uma determinada dor ou sintoma, e nesta vida dói no mesmo sítio! Ou tem a mesma doença da qual morreu em outra vida! Ataques de Pânico, por exemplo, que não são mais de que uma abertura de canal de memória. De repente abre o alçapão da vida passada e estamos ali a viver tudo outra vez! Tudo isto pode ser limpo e curado. Não estou a dizer que 100% será limpo e curado, mas garanto que será uma percentagem bastante significativa. Por isso.... nestes próximos dias eu vou enviar-lhe vários emails com Vídeos, um com cada sintoma.

 

Vou mandar um Video sobre a influência das vidas passadas na Depressão, a incidência das vidas passadas nas Perdas. Porque é que nós perdemos coisas, pessoas. O que é que isso tem a ver com vidas passadas? O que é que uma adição, a pessoa ser viciada em droga, viciada em álcool? Onde é que a vida passada entra nisso? Vou explicar o que é cada coisa, e como funcionam as vidas passadas nisto tudo. Não deixe de abrir. Mesmo que depois nós nunca mais nos vejamos, mesmo que você não venha fazer nenhum curso ou terapia aqui comigo, pelo menos você vai ficar a saber o que é que tudo isto significa. Para que possa olhar para a sua vida e compreender o porquê de cada coisa que lhe acontece. Porque basicamente a espiritualidade, a via evolutiva, começa pela compreensão. tá?

 

Até já, então.

 

Alexandra Solnado



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 11:10
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Terça-feira, 16 de Setembro de 2014
...

 

 

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 21:00
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

A aventura vai começar...Regressão a Vidas Passadas!

A partir de hoje você vai começar a ver aqui uma série de vídeos explicativos - que preparei justamente para si - sobre este tema fascinante.

São vídeos que trazem imensa informação sobre a influência das Vidas Passadas na nossa vida atual. Para que você perceba como é que algo que aconteceu há 500 anos, por exemplo, ainda hoje se manifesta nas nossas ações, reações e se reflete nas nossas perdas.

 

Vai começar a receber um vídeo por dia, assim tem tempo para absorver a informação e não perde o andamento. Porque na realidade o tema pode ser complexo mas assim explicado, torna-se bem mais simples de entender. 

 

 

E para que possa acompanhar a teoria com a prática, deixo-lhe aqui uma Oferta muito especial – uma Meditação Gratuita de Regressão a Vidas Passadas. Para que possa ir fazendo as suas regressões e desbravando os segredos das suas vidas passadas.

Clique aqui para receber a sua Meditação e saiba como “A Regressão a Vidas Passadas mudou a minha Vida”

 

Quanto mais regressões eu faço a vidas passadas mais elucidada fico acerca dos meus nós energéticos e de como superá-los. As minhas perdas, as minhas dores, as coisas que aconteceram noutra vida que são tão parecidas com as que acontecem nesta… e como fazer para limpar e me libertar.

 

Alexandra Solnado

 

www.alexandrasolnado.com



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 14:30
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 10 de Março de 2010
Tempo Emocional

 

O que é o tempo emocional? Tempo emocional é o tempo que nós utilizamos diariamente para demonstrar as nossas emoções às pessoas de quem gostamos, seja família, amigos, namorados, etc. Ou seja, tempo emocional é o tempo em que nós estamos com essas pessoas, as ouvimos, e partilhamos ou fazemos as coisas de que elas gostam de fazer.

 

No fundo, tempo emocional é apenas saber estar, é saber que há um momento em que nós precisamos de entrar no universo dessas pessoas, e ficar lá, simplesmente, para nada de especial, só mesmo para estar.

 

A maior parte das pessoas, quando quer estar com os outros, quer levar o seu universo. Quer que os outros recebam o seu universo. Ora isto não é um tempo emocional. Sempre que nós queremos que alguém receba o nosso universo é um tempo mental, estamos a dar algo de natureza mental para a pessoa receber.

 

Quando paramos tudo na nossa vida para estar ali exclusivamente para a pessoa, para conversar, para ouvir, seja o que for, estamos ali para ela, a dar-lhe um tempo emocional. E a pessoa depois partilha coisas do universo dela em função do que lhe estamos a dar, ou seja, atenção.

 

A partir do momento em que nós damos este tempo emocional que a pessoa precisa, essa pessoa depois já não precisa de tanta atenção, pois a sua carência foi de alguma maneira preenchida. Quando nós não damos este tempo, a pessoa ficará continuamente a precisar. E você, tem dado algum tempo emocional às pessoas de quem gosta?

 

É tão simples, é como Ele diz: Amar é simples. Nada de códigos, nada de extremos. Amar é existir inteira ao lado do outro.

 

 

Encomende aqui livros autografados

 

 

Saiba mais sobre o Curso “Como se conectar com o Céu sem deixar de andar por aqui”, com Alexandra Solnado

 

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 12:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2010
A Essência

 

A essência é uma energia que existe bem no centro do nosso peito. E que precisa de ser alimentada. Porque se não a alimentarmos, essa energia vai enfraquecendo, vai definhando, e nós acabamos por ficar completamente desenergizados.

 

E como fazer para alimentar a nossa essência? Exercendo o Ser que somos. Fazendo as nossas escolhas de acordo com quem somos na realidade, e não segundo o que os outros julgam que nós somos. Se seguirmos o que sentimos e não deixarmos que os outros nos influenciem nas nossas opções, estaremos a Ser, estaremos a exercer o nosso Ser. E ao seguir o caminho da nossa energia, estaremos a alimentar a nossa essência, que assim poderá crescer e expandir-se energeticamente.

 

Porque a essência é a única parte do nosso ser que, se alimentada, tem a capacidade de começar a emanar luz. Se a pessoa não tem a essência fortalecida, ela não emana luz. É a nossa essência que emana luz por nós.

 

Por isso o que é que eu vos quero propor é que deixem de viver o vosso dia a dia com o foco nos outros e vivam com o foco em vocês próprios. Cuidem da vossa essência. Interroguem-se… O que é que vocês gostam? Onde é que se sentem bem? O que é vos reenergiza? O que é que vocês sentem que vos dá energia? Quais as pessoas com quem gostam de estar? Quais as conversas que gostam de ter? Gostam de dançar?...

 

Façam qualquer coisa para alimentar a vossa essência, para que ela consiga começar a brilhar, pois como Ele nos revela: Todo o ser humano tem uma estrela dentro de si. E, quando a encontra, todo ele brilha.

 

 

Saiba mais sobre o Curso “Como se conectar com o Céu sem deixar de andar por aqui”, com Alexandra Solnado

 

 

Encomende aqui livros autografados

 

 

 

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 14:09
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2010
O Filtro

 

A primeira frase que Sua Santidade o Dalai Lama disse, na primeira conferência que ele deu quando veio a Portugal, foi “A realidade é só uma, o que muda são as várias maneiras dos homens olharem para essa mesma realidade”. Então qual é o filtro que cada pessoa tem para olhar para a realidade? Se a realidade é só uma e se todos conseguimos olhar para ela de forma diferente... o que é um filtro?

 

Um filtro é uma memória kármica, é uma memória de outra vida. Duas pessoas diferentes podem encarar uma mesma situação de maneira diferente, interpretarem-se uma à outra de maneiras completamente diferentes, mediante os filtros que elas têm.

 

Um filtro é um desvio da percepção. Uma pessoa com filtro de violência, isto é, com memórias de violência, vai sempre desconfiar das pessoas e situações, por mais inocentes que sejam. Uma pessoa com filtro de rejeição, vai sempre se sentir rejeitada, por mais que seja acarinhada.

 

Há pessoas que, depois de adultas, continuam a olhar para os pais com o mesmo filtro que olhavam quando eram crianças, quando tinham problemas de carência afectiva, rejeição, etc. E há pais que continuam a olhar os seus filhos (entretanto já crescidos) como se fossem crianças. Quando somos crianças, o filtro é inconsciente, mas hoje podemos desmontar o filtro. O mesmo se aplica às vossas crianças. Quando vocês olham para o vosso filho e querem que ele seja advogado, por exemplo, estão presas no vosso filtro que só vê um advogado à vossa frente, mas a criança pode ser um óptimo ginasta.

 

Há pessoas que mudam completamente, mas continuam a ser vistas pelos outros como eram antes. Porquê? Porque o filtro delas não mudou. Olham para o mundo sempre da mesma maneira, independentemente do mundo estar igual ou diferente.

 

Como é que podemos fazer para olhar para a pessoa e ver a pessoa como ela é. É um grande desafio, e é válido para pais, filhos, mães, irmãos, colegas de trabalho. Será que a vossa mãe é quem vocês pensam? E o vosso pai? E os vossos filhos? Ou esses filtros ainda estão todos ligados?

 

 

Saiba mais sobre a Terapia de Regressão a Vidas Passadas

 

Encomende aqui livros autografados

 

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 13:18
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Terça-feira, 26 de Janeiro de 2010
Tens o que amas ou amas o que tens?

 

Nós trabalhamos para ter o que amamos ou trabalhamos para amar o que temos? Como vão  ver a diferença é brutal.

 

Quando trabalhamos para ter o que amamos, trabalhamos na dimensão mental, isto é,  traçamos os nossos objectivos, objectivos de vida ou de pessoas - queremos ter aquela pessoa ou queremos ter aquele emprego ou aquela circunstância ou aquela casa, o que for - e então a pessoa trabalha a vida inteira para ter o que ama, o que é egóico – eu QUERO ter.

 

O que é amar o que se tem? Amar o que se tem é ir lá acima ver o que é para nós e, mesmo sem perceber, aceitar. Depois, e aqui está a parte mais bonita da questão, decifrar. Eu vou decifrar o que vi lá em cima e aceitar que é mesmo para mim. Acreditar que é mesmo para mim.

 

Ao decifrar, mesmo que seja aos poucos, e precisamente por ser no reino do improvável, no reino do que não se estava à espera, o ego fica completamente balançado. Não era nada daquilo que estava à espera.

 

O ego queria outra coisa. Um grande emprego, muito bem pago, por exemplo, e de repente lá em cima vimo-nos a trabalhar com crianças ou a ensinar música. Ou gostaríamos de estar com uma pessoa e lá em cima aparece-nos outra, completamente inesperada. E ficamos completamente baralhados porque não era nada disso que estávamos à espera. Não era nada disso que o ego estava à espera. Agora a alma…

 

A nossa alma começa a trabalhar partir do momento em que aceitamos … “está bem, então se aquilo é para mim, eu quero, vamos lá”, e começamos a decifrar. E ao decifrar, como o nosso ego não está activo, porque não foi ele que escolheu, a nossa alma começa a manifestar-se.

 

E não só vamos decifrando como a nossa alma começa a subir e começamos a perceber que as energias são mesmo compatíveis. Começamos a perceber que aquilo é mesmo para nós e é uma surpresa. É um grande presente e, por isso, também a tremenda gratidão que sentimos depois…nunca esquecendo, como Ele diz, que “A gratidão é a forma mais completa de se chegar a mim”.

 

 

Saiba mais sobre o Curso “Como se conectar com o Céu sem deixar de andar por aqui”, com Alexandra Solnado

 

 

Encomende aqui livros autografados


 

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 12:48
link do post | comentar | ver comentários (1) | adicionar aos favoritos

Saiba como resolver a sua vida através da memória das suas Vidas Passadas
Alexandra Solnado
Alexandra Solnado tem-se dedicado, através dos cursos e terapias que desenvolveu no seu projecto espiritual, ao estudo e investigação do fenómeno da Reencarnação. Nomeadamente, de que forma é que poderemos melhorar, resolver e desbloquear os problemas da nossa vida actual, acedendo às memórias das nossas vidas passadas.

Uma abordagem terapêutica que, através da Regressão, tem permitido a milhares de pessoas descobrir quais as questões/emoções que trazem por resolver das suas vidas passadas, e como fazer para as ultrapassar no presente. É o desmontar dos segredos milenares de traumas e bloqueios que fomos acumulando ao longo das nossas vidas, para que possamos finalmente nos libertar e assim evoluir na nossa jornada espiritual.

Alexandra Solnado é autora de:
LUZ - Pergunte. O Céu Responde
A Alma Iluminada
Este Jesus Cristo Que Vos Fala, Livro 3 / A Era da Liberdade
Este Jesus Cristo Que Vos Fala, Livro 2 / A Lógica do Céu e a Lógica da Terra
Este Jesus Cristo Que Vos Fala, Livro 1/ A Entrega
A Minha Limpeza Espiritual (com CD de Exercícios)
O Eu Superior e Outras Lições de Vida (com CD de Exercícios)

Projecto Espiritual Alexandra Solnado – Terapia da Alma Site
Envie a sua questão
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações que só possam ter encaminhamento imediato. E-mail: vidas_passadas@sapo.pt
Pesquisar neste blog
 
Posts recentes

Doenças

Ataques de Pânico

Reações Instintivas

A Depressão

Medos e Fobias... a influ...

Vícios... a influência da...

As Perdas

Um Convite... para as Vid...

Doenças... A influência d...

Ataques de Pânico... A in...

Arquivo

Março 2016

Dezembro 2015

Outubro 2015

Julho 2015

Janeiro 2015

Outubro 2014

Setembro 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Tags

todas as tags

blogs SAPO
Subscrever feeds