Segunda-feira, 7 de Abril de 2008
Vidas Passadas, Reencarnação e Regressão


Neste blog Alexandra Solnado debruça-se sobre Vidas Passadas

e Reencarnação. A partir de excertos dos seus livros criteriosa-

mente seleccionados, a autora dá resposta às inúmeras questões

que todos nós nos colocamos quando falamos de memórias de

vidas passadas.

 

Leia e saiba tudo o que sempre quis saber sobre Reencarnação,

Regressão e Vidas Passadas.

 

Eis os temas:

 

o         Reencarnação e a eternidade da consciência humana

 

o         Emoção e Karma – O que acontece desde a primeira encarnação?

 

o         Os Índigo e as memórias de vidas passadas

 

o         Reencarnação e as escolhas que fazemos

 

o         Sobreposição de Encarnações

Como nos libertarmos das memórias de vidas passadas?

 

o         Energia kármica e como limpar karma

 

o         Reencarnação e o Eu Superior (Alma)

 

o         Conexão ao Eu Superior (Alma) – A nossa autonomia espiritual

 

o         Entrevista com Alexandra Solnado sobre A Alma Iluminada

 

 

Através da terapia de Regressão a Vidas Passadas, desenvolvida

no âmbito do Projecto Alexandra Solnado – Terapia da Alma,

poderá vir a descobrir quem foi, o que fez, o que escolheu nas

suas vidas passadas, para hoje ser quem é.

 

Uma jornada à memória da sua Alma, que poderá mudar

radicalmente a sua vida no presente. Liberte-se dos seus

medos, bloqueios e traumas ancestrais e aprenda a viver

livremente de acordo com a energia da sua Essência.

Descubra quem verdadeiramente é!

 

 

Visite o Projecto Alexandra Solnado – Terapia da Alma


 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 15:45
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Reencarnação e a eternidade da consciência humana

 

Pensa comigo:um homem já nasce sem saber que existe uma continuidade.

Não se lembra da vida que passou, não se lembra do que combinou lá em cima, não se lembra de que há vida futura.

É claro que é mais fácil para esse ser acreditar, quando a sociedade assim o impõe, que não há mais nada além da vida.

O facto de a vossa sociedade retirar a noção de eternidade da consciência humana é gravíssimo.

O homem passa a centrar a sua atenção nesta vida e só nesta vida.

Como não sabe que o que sofre é consequência do que fez e que o que faz terá a sua consequência cósmica, coloca o foco nesta vida, e nesta vida pretende ganhar mesmo que tenha de passar por cima de um infindável número de coisas… e de pessoas.

Assim, o seu ego começa a engendrar um rol de maldades, que quando executadas tornam o seu mundo mais fácil. E é aqui que as religiões entram – quer dizer, já entraram ao negarem vidas passadas e futuras. Mas é aqui que elas começam a fortalecer-se.

Divulgam uns quantos pecados. Divulgam que, quem não os cometer, alcançará a salvação. Só isto? – pergunta o ser. Para alcançar a salvação devo evitar só isto? E o resto, posso?

E como nenhuma lista de pecados tem capacidade para explicar a lei do karma, segundo a qual tudo o que fizeres trará uma consequência, nesta ou noutra vida, estes seres ficam à mercê da lacuna entre as listas de pecados.

A lista do que cada um deve ou não deve fazer deveria assentar única e exclusivamente na sua própria consciência, retirada do âmago mais profundo que existe em cada uma das pessoas.

 

JESUS

 

Luz – Pergunte. O Céu Responde, de Alexandra Solnado


Saiba mais sobre a Terapia de Regressão a Vidas Passadas

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 15:44
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Os Índigo e as memórias de vidas passadas


Os índigo são os meus representantes na terra.

O problema é a memória que eles trazem das suas vidas passadas.

A partir do momento em que essa memória seja limpa, eles estarão livres. Para cumprir a missão que eu lhes destinei.

Eles só nascem de pessoas que tenham capacidade de os orientar, compreender e amar.

As pessoas podem não perceber ainda, mas poderão sempre escolher evoluir, escolher mudar.

Eu envio os índigo para famílias que têm potencial espiritual, mas que nem sempre escolheram desenvolver esse potencial. Como a vossa terra necessita de seres altamente espiritualizados para superar a frequência energética da terra no seu todo, escolhemos esses pais e enviamos um índigo, para que tenham compulsivamente de evoluir.

 

- E os que escolhem não evoluir?

 

Estarão a maltratar estas almas índigo, estarão a interferir na missão desse ser, entupindo-o com a sua densidade.

Em vez de todos se elevarem, o índigo é obrigado a retroceder. Terá doenças, depressões e hiperactividade, fruto da alteração energética a que é sujeito.

Estamos a enviar forças para modificar o sistema energético da terra, e vocês estão a bloquear estas forças. A escolha é vossa. Essa tem sido a escolha colectiva da Humanidade.

Enquanto não compreenderem que estas crianças (e também adultos, pois já existem adultos índigo na terra, tu és um deles) têm uma tarefa específica e são tão destemidas que podem inclusive morrer ao tentar executá-la, enquanto não perceberem que podem perder os vossos filhos ou tê-los doentes por várias temporadas simplesmente porque se recusam a deixá-los ensinar-vos a nova lei, a energia do triângulo; enquanto esta re-harmonização não acontecer, a tristeza reinará nos vossos campos.

 

- Como é feita essa harmonização?

 

Tem a ver com o amor incondicional.

Os índigo, por trazerem o terceiro vértice de energia do triângulo, que é a conexão absoluta com o céu, numa primeira fase não conseguem assentar completamente na matéria.

Essa energia densa que se vive aí em baixo é muito pesada para eles, e eles ressentem-se muito com isso.

Apanham entidades, incorporam as suas próprias encarnações, fruto da extrema conexão e presença de memória das vidas passadas no seu complexo vibracional.

Com muito amor, esses pais vão ensinar estes miúdos a viver aí em baixo, seguindo regras que as suas mentes espirituais possam apreender, onde estão invariavelmente presentes os conceitos de justiça, humanidade, humildade, ecologia e afecto.

Estes conceitos têm de estar presentes na vida destes índigo. De contrário, há a ameaça de eles se revoltarem, pois não conseguem compreender conceitos densos tais como a hipocrisia, a falsidade e a violência.

Estas crianças, ao serem respeitadas nas suas frequências energéticas, vão ensinar-vos todo um mundo novo, onde as outras dimensões estão presentes e são interligadas com a maior das naturalidades.

Este é o nosso plano. Uma vez, eu disse-te que quem morria já não poderia nascer no mesmo nível de densidade. Seria treinado, faria estágios evolutivos avançados, aprenderia acerca da sua nova missão. E, quando estivesse preparado, com um nível energético apropriado para mudar a frequência da terra, nessa altura iria passar o novo filtro da consciência e ter autorização para encarnar.

Pois bem. Estes são os meninos índigo.

Treinados. Evoluídos. Preparados.

Prontos para o confronto. Prontos para serem mártires, se necessário, mas nunca desistindo da sua nova missão.

Fazer-vos ver a luz.

 

JESUS

 

A Alma Iluminada, de Alexandra Solnado

 

Saiba mais sobre Limpeza Espiritual de Crianças Índigo


 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 15:41
link do post | comentar | ver comentários (7) | adicionar aos favoritos

Energia kármica e como limpar karma


Existe a energia viva, a energia kármica e o padrão de comportamento.

A energia viva é a energia do ser. A energia que vive actualmente na pessoa. Aquela que se relaciona com a encarnação actual.

Essa energia é construída e mantida através da outra energia.

A energia kármica.

A energia kármica é a densidade emocional que trazemos de outras vidas. Essa energia formata, numa primeira fase da vida, a personalidade do ser. É o que chamamos «Sobreposição de Encarnações».

O ser que nasce, antes de tomar consciência da sua jornada actual, irá sentir a energia kármica, as sobreposições, de forma mais profunda e com mais acuidade.

Essa energia kármica, essa densidade emocional de outras vidas, irá condicionar o comportamento. O ser passará, nesta vida, a ter um comportamento semelhante ao de outras vidas. Irá escolher o mesmo padrão repetitivo de comportamento. Não terá ainda consciência para mudar.

Resumindo:

Na primeira fase da vida, a energia kármica e a sobreposição de encarnações condicionarão o padrão de comportamento. O comportamento, através da lei da matéria, irá condicionar a energia actual. Se uma pessoa no seu comportamento emanar violência, irá atrair violência e, consequentemente, a sua energia será violenta. Mas, se a sua energia kármica for violenta, mesmo não emanando energia violenta, poderá atrair violência.

 

- Quer dizer que quando uma pessoa atrai violência sem nunca ter emanado violência...

 

Significa que tem energia kármica violenta, isto é, noutras vidas carregou um padrão violento de comportamento.

Nesta vida não emana, mas como a energia kármica está lá, ainda o fará atrair violência.

 

- E como é que se muda isso?

 

Limpando a energia kármica ou então gastando-a.

 

- Gastando-a?

 

Limpar a energia kármica é retirar as sobreposições de encarnações, as vidas passadas que ainda permanecem na pessoa sob a forma de densidade.

É, simplesmente, retirar essa energia, através de uma limpeza.

Gastar a energia kármica é precisamente quebrar o padrão repetitivo de comportamento e, neste caso, independentemente do que atrair, continuar a manter uma atitude pacífica, sem violência.

 

- Mas para isso é necessária uma mudança de mentalidade.

 

É preciso mudar o sistema de crenças. Mudar as coisas nas quais as pessoas acreditam.

No caso que te estava a contar, aquela pessoa acredita na violência. Acredita que só com violência se conseguem as coisas.

No dia em que ela tomar consciência, compreender que não só a violência não é boa, como ela própria veio à terra gastar essa energia kármica de violência, nessa altura, ela irá começar a comportar-se de uma forma pacificadora.

Nesse dia, essa pessoa começa a sua busca pelas encarnações à procura dessa origem violenta para poder combatê-la até à morte. E combater os nossos fantasmas é mais fácil quando nos permitimos conhecê-los e aceitá-los.

Enquanto não conhecerem a vossa energia kármica, as vossas sobreposições de encarnações, enquanto não identificarem onde é que foram excessivos noutras vidas, não irão aprender onde contrabalançar esse excesso, onde trabalhar, especificamente, para que a partir desse trabalho o ser possa limpar o peito e começar a atrair a abundância em todos os outros sectores da sua vida.

A abundância é um presente do céu para quem aceita trabalhar as suas restrições.

 

JESUS

 

 

A Alma Iluminada, de Alexandra Solnado

 

Saiba mais sobre Limpeza Espiritual de Sobreposição de Encarnações

 


 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 15:37
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Reencarnação e o Eu Superior (Alma)


Todos os homens vêm à vida para proceder a uma das mais complexas formas de evolução espiritual: a experiência da matéria.

Tão complexa que são necessárias várias, muitas vidas (ou encarnações), para que a tarefa seja completada.

Queres que eu fale sobre o “Eu Superior”. Falar sobre o “Eu Superior” é falar sobre a essência. Sobre a base onde está construída toda a experiência na matéria.

Vamos por partes.

 

A centelha divina (ou mónada, ou que lhe quiseres chamar) está no céu, entre encarnações. É nessa altura que ela está a reprogramar-se. Está a visionar todas as experiências da última vida e a compará-las com existências anteriores.

 

• Será que produzi algum padrão de repetição?

 

• Será que reagi na última vida de forma idêntica às minhas reacções noutras vidas?

 

• Será que fiz escolhas que condiziam com a minha maneira de ser?

 

• Será que fiz o que os outros queriam que eu fizesse ou a sociedade achava bem, ou fui mais fundo e coloquei a minha pessoa nesta escolha?

 

• Será que culpei os outros quando me aconteceram as coisas ou compreendi que era eu que atraía o mesmo padrão de acontecimentos, vida após vida, ano após ano, para pura e simplesmente aprender a escolher por mim, pelo que eu sentia e não pelo que mais me convinha?

 

• Será que evitei o sofrimento, fazendo escolhas que me distanciavam de mim?

 

• Será que procurei o sofrimento para ser a vítima de serviço e consequentemente o centro de todas as atenções?

 

• Será que amei realmente? Não aquele amor que cobra, que quer coisas em troca, mas aquele infinito, que recebo através do exercício da minha espiritualidade e distribuo indiscriminadamente, por toda a humanidade?

 

• Será que fiz o que tinha me proposto antes de encarnar?

 

• Será que fugi?

 

• Será que, mais uma vez, fugi de mim?

 

Estas e muito mais questões vão sendo analisadas entre encarnações. E, respeitando o movimento “ ... de onde venho e para onde vou”, a centelha prepara-se novamente para encarnar.

É nesta altura que se tomam decisões.

“Irei nascer num determinado tempo, num determinado país, com determinados pais, irmãos, tios, avós...”

Todas estas determinantes são estudadas na tentativa de, depois de encarnado, o ser conseguir cumprir a sua missão. A missão é definida ao pormenor. Os condicionalismos também. Se um ser necessitar de desenvolver uma identidade forte, naturalmente irá decidir nascer, por exemplo, com um pai autoritário e num local conservador.

Tudo de feição para que, numa primeira fase da vida, a pessoa se sinta tão tolhido na sua forma de ser, que o leve a, numa determinada altura, arrancar os laços que o prendem e impor a sua personalidade.

Este ser, depois de encarnado, terá sempre a possibilidade de fazer valer o seu livre arbítrio. Quando se sentir mais pressionado por esse pai autoritário e esse meio conservador, ainda poderá escolher. Ou salta dali para fora, dá o seu grito de liberdade e, apesar das dificuldades, constrói uma vida em que é quem é, no respeito absoluto pela sua identidade, e nisto terá cumprido a sua missão, vibrando através do amor, do amor à vida, à liberdade e a quem realmente é...

...ou ainda poderá aceitar a repressão, culpando sempre esse pai e essa sociedade pelo seu infortúnio e certamente não terá cumprido a sua missão, reproduzindo um padrão repetitivo de comportamento já vindo de outras vidas passadas.

 

- Mas como sabe que já é um padrão repetitivo?

 

Porque se esse ser não tivesse já fugido de si próprio em outras vidas, não viria com a missão de afirmação da identidade. Viria com outra missão qualquer.

A verdade é que esse ser, caso aceite manter-se sob o jugo do pai e da sociedade, está a vibrar pelo medo e não chega a cumprir missão nenhuma.

 

- Quer dizer que quem vibra pelo medo não cumpre missão?

 

É mais ou menos isso. O medo é uma frequência típica da matéria, enquanto o amor é uma frequência típica do céu.

Quem vibra pelo medo vive aí em baixo, sem conseguir subir e sem acreditar que o céu opera verdadeiros milagres na vida de quem se entrega.

Aliás, cabrita, se notares, a própria vida é um verdadeiro milagre. Acho estranho o cepticismo. Todos os seres viventes deveriam acreditar em milagres pelo único motivo de estarem vivos.

 

JESUS

 

 

O Eu Superior e Outras Lições de Vida (com CD de Exercícios),

de Alexandra Solnado

 

Saiba mais sobre a Terapia de Contacto com Eu Superior


 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 15:33
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Conexão ao Eu Superior (Alma) - A nossa autonomia espiritual


- Porque se utiliza um arco-íris para ir ter com o Eu Superior?

 

O arco-íris é simbólico. Apenas utilizamos uma forma de subir. A pessoa eleva-se subindo o arco-íris.

Lá em cima, no topo do arco-íris, está o registo akáshico. Nesse registo está inscrito todo o conhecimento do universo. É nesse registo que podes aceder a vidas passadas e frequências de futuro (no início, com acompanhamento de um terapeuta, depois sozinho).

 

- Porque é tão importante a conexão com o Eu Superior?

 

Para ganhar autonomia. Para que nunca mais alguém faça algo porque “o outro disse” ou porque “alguém mandou”. Os outros não sabem dar conselhos pura e simplesmente porque não conhecem a tua vida em pormenor. E porque não podem escolher por ti.

O teu Eu Superior pode ajudar porque conhece as vidas passadas, as frequências de futuro e ainda a missão que escolheram para esta vida.

Mas a escolha final é sempre tua.

 

- Porquê tanto interesse na “autonomia”?

 

Porque vocês têm que perceber de uma vez por todas que as verdades não são as mesmas para toda a gente. O que pode ser bom para um, pode não ser para o outro. E mais. O que é bom agora pode não ser bom depois.

Assim, não queremos que as pessoas fiquem amarradas a dogmas, verdades encaixotadas, que não acreditam nem entendem.

A conexão com o Eu Superior dá autonomia neste assunto.

Nunca mais precisarás de aceitar que algo é bom para ti, sem o sentires. Quando há uma dúvida, vais ao Eu Superior e ele responde se algo é bom ou mau para ti, agora, neste tempo e nestas condições. E se é bom para te ajudar a cumprir a missão que planearam juntos.

Só ele tem essa resposta.

Para poderes ter todos os dados, para poderes utilizar bem o teu livre arbítrio.

 

- Para escolher em prol do meu caminho...

 

Exacto.

 

- Para não atrair mais a perda...

 

Sim.

 

- Para conseguir cumprir a minha missão...

 

E manter a tua evolução, limpar os karmas e tornar esta encarnação mais produtiva e brilhante.

Todo o ser humano tem uma estrela dentro de si. E, quando a encontra, todo ele brilha.

 

JESUS

 

 

O Eu Superior e Outras Lições de Vida (com CD de Exercícios),

 de Alexandra Solnado


Saiba mais sobre a Terapia de Contacto com o Eu Superior




publicado por Projecto Alexandra Solnado às 15:26
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Saiba como resolver a sua vida através da memória das suas Vidas Passadas
Alexandra Solnado
Alexandra Solnado tem-se dedicado, através dos cursos e terapias que desenvolveu no seu projecto espiritual, ao estudo e investigação do fenómeno da Reencarnação. Nomeadamente, de que forma é que poderemos melhorar, resolver e desbloquear os problemas da nossa vida actual, acedendo às memórias das nossas vidas passadas.

Uma abordagem terapêutica que, através da Regressão, tem permitido a milhares de pessoas descobrir quais as questões/emoções que trazem por resolver das suas vidas passadas, e como fazer para as ultrapassar no presente. É o desmontar dos segredos milenares de traumas e bloqueios que fomos acumulando ao longo das nossas vidas, para que possamos finalmente nos libertar e assim evoluir na nossa jornada espiritual.

Alexandra Solnado é autora de:
LUZ - Pergunte. O Céu Responde
A Alma Iluminada
Este Jesus Cristo Que Vos Fala, Livro 3 / A Era da Liberdade
Este Jesus Cristo Que Vos Fala, Livro 2 / A Lógica do Céu e a Lógica da Terra
Este Jesus Cristo Que Vos Fala, Livro 1/ A Entrega
A Minha Limpeza Espiritual (com CD de Exercícios)
O Eu Superior e Outras Lições de Vida (com CD de Exercícios)

Projecto Espiritual Alexandra Solnado – Terapia da Alma Site
Envie a sua questão
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações que só possam ter encaminhamento imediato. E-mail: vidas_passadas@sapo.pt
Pesquisar neste blog
 
Posts recentes

Limpeza Espiritual

O que Jesus diz sobre … K...

Sentir é Evoluir

Registo Akáshico – A Memó...

FAQS – Karma e a Roda das...

Lançamento de MAIS LUZ - ...

Novos Testemunhos de Regr...

A Compreensão muda a Emoç...

FAQS – Vidas Passadas & R...

Testemunhos de Regressões...

Arquivo

Março 2016

Dezembro 2015

Outubro 2015

Julho 2015

Janeiro 2015

Outubro 2014

Setembro 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Tags

todas as tags

blogs SAPO
Subscrever feeds