Quinta-feira, 19 de Novembro de 2009
Despertar Espiritual

 

Como é que a pessoa desperta espiritualmente? Qual a hora, o minuto, o segundo, em que a pessoa desperta e compreende toda a intenção inteligente do Universo?

 

Obviamente não há uma fórmula, cada pessoa irá despertar na hora que for, mas o que é que a pessoa tem que fazer? O que é que faz com que a pessoa um dia ache que ela é que sabe, ela é que domina tudo, ela é que faz e ela é que pode, e, no segundo seguinte, perceba que existe uma intenção inteligente e que tudo acontece na hora em que tiver que acontecer? Qual é a fronteira?

 

É um assunto muito subtil. O que Ele diz é muito simples e muito bonito - a pessoa desperta no segundo exacto em que aceita morrer. Pode ser aceitar a morte do ego, pode ser aceitar a morte daquela pessoa que fui até há bocado, pode ser aceitar morrer de várias maneiras.

 

Aceitar morrer não é pensar “vou morrer, eu aceito, já despertei”, não é isso. É aceitar morrer na realidade, é preparar-se para aceitar, aceitar morrer aquele ego, aquele desejo, aquela ideia de que só somos felizes se tivermos o que desejamos, e todo esse tipo de ilusão. Aceitar morrer toda essa ilusão, que é algo que vem de fora e não de dentro de nós, já é um sinal do despertar.

 

O despertar tem a ver com a nossa relação com o outro mundo, com o mundo invisível, mesmo sem sabermos o que é. Quando aceitamos morrer, aceitamos precisamente o desconhecido. Quando aceitamos morrer aqui, na matéria, estamos a aceitar nascer noutra dimensão. Estamos nos opostos, quando aceitamos o morrer de uma coisa, estamos a aceitar ser outra que não sabemos o que é, vamos para o desconhecido.

 

Apesar de nós passarmos anos a construir a nossa pessoa, um dia percebemos que temos de desconstruir tudo, para finalmente acedermos ao que nós realmente somos. E essa hora em que aceitamos desconstruir é o momento do despertar. Pode vir depois de uma perda, de uma derrocada emocional, sentimental, profissional… tudo experiências que o Universo nos envia precisamente para olharmos para cima e vermos que algo está mal no nosso caminho.

 

Como Jesus diz, “o despertar é quando finalmente a mente se une ao coração e o ser se compreende”.

 

 

 

Saiba mais sobre o Curso “Como se conectar com o Céu sem deixar de andar por aqui”, com Alexandra Solnado

 

 

Encomende aqui livros autografados

 

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 17:56
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 13 de Novembro de 2009
Aceitar que o que sentimos é importante

 

Costumo dizer que o pensamento não se mede, nem se vê… e que o sentimento também não se mede, nem se vê. Ora, se nem o pensamento, nem o sentimento se medem ou se vêem, se são iguais, então porque é que um vale mais do que o outro, porque damos mais peso a um do que ao outro?

 

Porque o sentimento dói, e o pensamento ajuda a não doer ao tapar a emoção. Ou seja, a nossa vivência em sociedade está baseada num racionalismo que não nos permite viver em contacto com o que sentimos, nem nos encoraja a expressar as nossas emoções. Antes preconiza a fuga do sentimento.

 

Temos de começar a aprender que a alma é precisamente o que nós sentimos, isto é, que a melhor maneira de nos conectarmos, mesmo que não façamos a conexão com o nosso Eu Superior, é vivermos em função da nossa Alma, dos nossos sentimentos.

 

Porque a Alma é o que sente, a personalidade do Ego é o que pensa, e nós temos de harmonizar os dois. Como? Aceitando que o que sentimos é importante. Porque enquanto não aceitarmos o que sentimos, não aceitamos ser quem somos.

 

Como Ele nos diz:

 

Ser é juntar a mente ao coração. Ser é saber que o sentir determina tudo. Determina a missão, o foco e como chegar lá. Determina se estás no caminho certo ou se ainda não o encontraste. Ser é saber sentir. É utilizar a mente para dar vida ao que se sente. Mas para isso é preciso entregar-se, confiar.

 

 

 

Saiba mais sobre a terapia de Contacto com o seu Eu Superior

 

Encomende aqui livros autografados

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 14:25
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 2 de Novembro de 2009
O que Jesus diz sobre … Livre Arbítrio

 

Todo o homem tem o direito a ser feliz e a dar-se bem na vida. É aqui que entra a vontade, o livre arbítrio. É aqui que entra a capacidade de o homem conectado ser profundamente bem sucedido a todos os níveis perante as Leis de Deus

 

A Entrega, de Alexandra Solnado

 

 

 

Só sabendo quem sou posso escolher, fazer as minhas escolhas utilizando o meu livre arbítrio, sem o receio de que essas escolhas sejam contra a minha natureza e o caminho que vim trilhar na terra.

 

Só respeitando quem sou e escolhendo de acordo, posso ilimitar os meus horizontes, ampliando cada vez mais toda a minha energia original.

 

Porque só a energia original se amplia. A energia do ego, aquela que acha que devo ser isto ou aquilo por me convir mais sê-lo, essa energia de defesa, de quem vibra pelo medo, não se amplia. Pelo contrário. Reduz, retrocede, remete para segundo plano.

 

Ser. Ser é a chave da questão. Se sou, se ouço o silêncio que mora em mim, torno-me invencível, pois a força vem de dentro, de uma capacidade que a fé tem de mover todas as montanhas, apenas pelo poder de quem acredita que as montanhas podem voar.

 

A Era da Liberdade, de Alexandra Solnado

 

 

Em suma. Escolher é ser.

Ser é existir sem medo.

E para existir sem medo é preciso enfrentá-lo.

Quando se consegue enfrentar o medo, liberta-se dele.

Quando já não há medo, acede-se ao eu actual e, consequentemente, à missão, conseguindo concretizá-la. Ao aceder ao eu actual consegue-se ser.

E consegue-se, por conseguinte, escolher.

Vês o círculo? Tudo se encaixa quando é executado em conformidade com a natureza de cada um.

 

 

 

Se fores uma pessoa que vive em paz com o seu coração e as suas emoções, vais estar suficientemente em contacto com o que sentes para perceberes o que é bom ou mau para ti. O que te reduz e o que te amplia.

 

Se estiveres em contacto com esta informação, do que é bom ou mau para ti, vais necessitar cada vez mais de estar em contacto com as coisas que te fazem bem. As que te ampliam como ser humano. Como alma.

 

Ao abrires o coração e aceitares sentir, o portal energético abre-se e começa a canalizar informação através da intuição.

 

Ao intuíres o que é bom para ti e, posteriormente, escolheres sempre em função do que é bom para ti, sentir-te-ás confortável a maior parte do tempo. Ao ficares confortável, relaxada, com espírito positivo, o canal abrir-se-á naturalmente e começas a subir, a subir... e dá-se a conexão.

 

A Alma Iluminada, de Alexandra Solnado

 

 

Saiba mais sobre o Curso “Como se conectar com o Céu sem deixar de andar por aqui”, com Alexandra Solnado

 

Encomende aqui livros autografados

 

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 11:30
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 22 de Outubro de 2009
Controle…ou Abertura

 

Imaginem que vos convidam para aprender algo de novo. É preciso estar aberto e disponível para o que se vai aprender. Se imaginamos à partida o que vamos aprender, quando não aprendemos o que estávamos à espera, desiludimo-nos. Porque nos iludimos. Na realidade, a ilusão é um mecanismo do ego, é o controle, porque as pessoas não aguentam o desconhecido. A partir do momento em que vão sem qualquer controle, sem saber o que as espera, sem imaginar o que vai ser, elas não se desiludem.

 

É preciso deixar que as coisas aconteçam. Sem ter medo de que venham a acontecer coisas que não estamos à espera. No fundo é tudo medo do desconhecido, é tudo controle. Se anteciparmos e imaginarmos tudo o que vai acontecer, quando o acontecimento vem, já estamos tão à defesa, que o canal fica fechado e não deixamos fluir a intuição, ficamos sem resposta. Se formos abertos, mesmo que as coisas corram mal, podemos dar a volta porque temos o canal aberto. Mas só temos o canal aberto se estivermos fora do controle.

 

Nós não temos de anular a esperança de que algo de bom nos vai acontecer, ter fé é acreditar que o que nos vai acontecer é o melhor para nós, temos é que anular a nossa expectativa. A partir do momento em que não projectamos tudo, tudo o que vier é um aprendizado. Não uma coisa má, que tenhamos que julgar ou rejeitar logo de início. Pode vir a ser necessário no futuro, quem sabe? Não deixa de ser uma aprendizagem, nem boa, nem má, não façam julgamentos. É outra coisa que o céu vos está a propor, faz parte do vosso percurso.

 

O que acontece então é que, primeiro a palavra desilusão deixa de fazer sentido, e segundo a pessoa passa a aprender com tudo o que lhe acontece, e não com o que o ego prevê que vai acontecer. Vocês não têm que querer nada. Deixem de se iludir e aceitem, sem julgar, que tudo o que vos acontece é uma vivência que faz parte do vosso percurso. “E assim vamos indo, agarrados à vida e ao nosso próprio desprendimento”, como Ele diz.  

 

 

 

Saiba mais sobre o Curso “Como se conectar com o Céu sem deixar de andar por aqui”, com Alexandra Solnado

 


Encomende aqui livros autografados

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 15:29
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009
Objectivo Espiritual

 

Nós fomos educados pela sociedade para termos objectivos na vida. Dizem-nos sempre que devemos ter metas na vida, que temos de fazer o possível e o impossível para alcançar o que queremos…Mas a realidade é que nós não devemos ter objectivos, não devemos ter metas, se estes vierem fora de nós, fora da nossa essência.

 

Neste caminho espiritual já percebemos que os objectivos exteriores normalmente são uma grande armadilha do ego. O ego procura sempre objectivos consoante as emoções de que fugimos e evitamos, pois são exactamente essas as que mais nos magoam e das quais temos mais medo. O ego vai tapar o sol com a peneira desse medo.

 

Por isso, vamos tentar ter um objectivo, sim, trabalhar nele, mas um objectivo espiritual ou emocional. Se o objectivo espiritual ou emocional for paz interior e tranquilidade, na realidade tudo o que fizermos a partir de agora será de acordo com essa perspectiva, com essa ligação ao nosso mundo interior. Vamos focar toda a nossa vida em encontrar essa paz e essa serenidade. Esse é o objectivo.

 

E não, como acontece ainda com a maior parte das pessoas, continuar atrás de objectivos como o grande carro, o grande casamento, o grande emprego, a grande casa… tudo isso é fora de nós, tudo é ego, no fundo só para tapar a falta de paz interior. Que dispensa quaisquer intermediários e quaisquer bens materiais.

 

Como Ele esclarece, O homem pode ter várias dimensões: a mental, a emocional, a material, a energética. Mas só uma o faz Ser para além do infinito. A espiritual.

 

 

 

Saiba mais sobre o Curso “Como se conectar com o Céu sem deixar de andar por aqui”, com Alexandra Solnado

 

Encomende aqui livros autografados

 

 

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 11:58
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009
Perdas, Obstáculos e Bloqueios

 

TEORIA E PRÁTICA

 

Uma coisa é o que se aprende, outra coisa é o que se sente. Muitas vezes aprendemos coisas com consciência, outras com emoção e outras ainda de uma forma teórica, só que quando chega a hora de pôr em prática não conseguimos.

 

Imaginem uma pessoa que está em perda, e que sente que a vida de repente bloqueou. Estava tudo a correr bem mas entretanto surgiu um obstáculo, um bloqueio, e parece que a vida já não corre da mesma maneira. Ela tenta fazer as suas meditações, percebe que quando atraímos a perda é para mudar o caminho, etc, mas a perda não pára, a perda continua. Então o que acontece?

 

Acontece uma coisa que a nível energético é muito forte - a pessoa começa a questionar, a duvidar, a achar que é injusto, que não está certo, que o céu esta a ser demasiado exigente com ela …e porquê?

 

Não sei se já repararam, mas quanto mais conectados nós estamos, mais rápido vêm as consequências das nossas escolhas. Precisamente para nos dar a oportunidade de evoluir. Se uma pessoa que está no seu caminho fizer o que o céu lhe indicar quando surgir um bloqueio, tem uma oportunidade imediata vir a dar a volta a esse obstáculo. E a volta nunca vai ser muito comprida. Se esse bloqueio não lhe tivesse surgido, a pessoa iria seguir o caminho errado, durante muito mais tempo, que no fundo é o que acontece com as pessoas que ainda não estão espiritualizadas.

 

Se estamos a atrair um bloqueio é porque não há autorização energética para avançar, daí a importância de meditar para percepcionar qual a razão de ter atraído esse obstáculo. Pois cada bloqueio traz sempre uma mensagem, só temos que a descodificar.

 

Como Ele diz, Deus não escolhe os capacitados, ele capacita os escolhidos. E se você não fosse capaz de ultrapassar esse obstáculo, não o teria atraído.

 

 

Saiba mais sobre a Terapia de Desbloqueio Emocional

 

 

Saiba mais sobre o Curso “Como se conectar com o Céu sem deixar de andar por aqui”, com Alexandra Solnado

 

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 13:55
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009
O que Jesus diz sobre … Karma

 

 

“Devem saber o que é o karma, e como é que ele opera nas vossas vidas. Quanto mais souberem sobre o vosso karma, sobre os vossos medos e bloqueios, mais saberão sobre o vosso dharma, o vosso caminho, o que vieram fazer à terra. Resumindo, a vossa missão. A vossa missão é e será sempre limpar o karma, isto é, superar os medos.

 

No dia em que a pessoa conseguir limpar os karmas, tratar os medos, desbloquear, vai começar a vislumbrar um ser belíssimo, cheio de luz, cheio de emoções para partilhar.”

 

Era da Liberdade, Alexandra Solnado

 

 

 

“Karma é densidade, é memória de outras vidas, é emoção mal resolvida que ficou parada no tempo, à espera de ser activada, nem que seja mil anos depois. Por isso é que a limpeza do karma é essencial à evolução.

 

Limpar um karma é ver o outro lado. Vivenciar este lado, onde estás, compreender, conseguir sentir o outro lado, o dos outros, e harmonizar as emoções referentes aos dois lados. Aos opostos.”

 

A Alma Iluminada, Alexandra Solnado


 

 

Como aprender a limpar karma?

 

 

 

Mensagem 187 – Karma

 

(…)

Um karma é algo que em outra vida doeu muito, foi bloqueado, e do qual nesta vida foges com todas as tuas forças.

Tens memória dessa vida, em que doeu tanto. Memória inconsciente, mas não deixa de ser memória.

E essa memória faz com que não consigas, nesta vida, fazer algo semelhante.

E podes perguntar-me: «Se não consigo, porque é que quero, porque é que Sei que tenho de lá ir?»

E eu respondo: Porque o karma tem de ser desbloqueado nesta vida.

E se vens a esta vida limpar karma, enquanto não fores a essa memória vivê-la outra vez, aceitar essa dor, não libertarás essa energia kármica e, por conseguinte, não estarás cá a fazer nada.

Resumindo:

Descobre o que mais te custa fazer, pensa em fazê-lo, deixa o medo se apoderar do teu peito, abre o peito, retira essa densidade, chora, se for preciso, mas limpa.

E a cada vez que pensares no assunto vai doer menos.

E a cada vez que tentares, vais conseguir mais.

É assim que se começa a limpar karma. É assim que se começa a dar sentido à encarnação.

 

JESUS

 

Muito Mais Luz – Pergunte, o Céu Responde

Alexandra Solnado

 

 

 

 

Saiba mais sobre a Terapia de Regressão a Vidas Passadas

 

 

Encomende aqui livros autografados

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 14:55
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 14 de Setembro de 2009
Sentir é Evoluir

 

Porquê? Porque, como Ele diz, há uma evolução emocional e uma evolução espiritual. E quem não consegue evoluir emocionalmente não evolui espiritualmente, porque não consegue perceber, não consegue sentir e entender.

 

Se por exemplo sentimos uma emoção fortíssima mas não a entendemos e vamos logo desabafar com os amigos, ou fazer qualquer outra coisa para fugir dessa emoção, nós não a compreendemos. O que Ele propõe é que cada pessoa sinta profundamente essa emoção. O que Ele explica é que o que nós sentimos, essa emoção tão forte que às vezes necessitamos falar para que ela saia de nós, é essa mesma emoção que, se ficar aqui dentro, sem revolta, só emoção, abre definitivamente o canal com o céu.

 

O que Ele propõe é ir às emoções e senti-las e compreender o que significam, e não ir logo fazer qualquer coisa para fugir delas, o que torna tudo racional e mental. Sentir profundamente é ficar, ficar, ficar a sentir, só sentir, e libertar depois a energia negativa dessa emoção. Não esquecer nunca de retirar essa energia mais densa que fica no peito ao sentir as emoções.

 

E para retira a densidade é simples. Imaginar um tubo branco a levar a energia negativa das emoções.

 

Ouçam o conselho d´Ele, “Quando sentires uma emoção que é tão grande que parece que vais rebentar, pára, não digas a ninguém, fica, fica, fica. Porque ao sentires essa emoção vais abrir a conexão.”

 

 

Saiba mais sobre a terapia de Regressão a Vidas Passadas

 

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 11:43
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 15 de Maio de 2009
Lançamento de MUITO MAIS LUZ

 

Leia os Testemunhos de quem assistiu ao lançamento de

 

MUITO MAIS LUZ

Pergunte. O Céu Responde

  

Mensagens de Jesus recebidas

por Alexandra Solnado

 

Editora Pergaminho

 

Andar nas estrelas é como andar na vida

mas noutra direcção.

 

Jesus

 

 

Depois da publicação de Luz e Mais Luz – Pergunte. O Céu Responde, Alexandra Solnado e a editora Pergaminho lançam agora o último volume da trilogia com a edição de Muito Mais Luz.

 

Num total de 90 novas mensagens, este último livro encerra o ciclo de perguntas e respostas que promovem a comunicação directa e sem intermediários com Jesus, através das mensagens canalizadas pela autora.

 

São mensagens que procuram dar resposta a todo o tipo de questões que nos incomodam no nosso dia-a-dia…como Ele diz:

 

Este é o terceiro livro de mensagens do céu.

Até agora consultavas para coisas importantes, grandes decisões, grandes dúvidas – a partir de agora vais consultá-lo para as tuas mais pequenas hesitações.

Quero ensinar-te a partir do teu própria dia-a-dia, a partir do teu quotidiano.

Não esperes.

Não ponderes.

Não deixes que o ego decida por ti.

Pergunta, deixa-me mostrar-te a Luz.

 

Acompanhado por um conjunto de 17 símbolos em aramaico, a língua falada no tempo de Jesus (e 3 novos símbolos em relação aos anteriores volumes), o processo de consulta mantém-se extremamente simples.

 

Depois de fazer a sua pergunta, o leitor selecciona dois símbolos. A partir da combinação destes 2 símbolos é-lhe indicada a resposta ou comentário sobre a questão ou situação para a qual procura uma solução.

 

É que visto lá de cima, a lógica é outra…e a sabedoria também.

 

E você, o que prefere, a lógica da Terra ou a lógica do Céu?

 

A escolha é sua, como sempre.

 

 

Contactos e Informações:

Tlm: 919999113

info@alexandrasolnado.com

www.alexandrasolnado.com

 

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 12:25
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Terça-feira, 28 de Abril de 2009
Alexandra Solnado em Sapo Zen Videos

 

 

A NÃO PERDER

 

Entrevista de Alexandra Solnado com Heloísa Miranda

 

sobre Espiritualidade,

 

em Sapo Zen Vídeos

 

clique aqui

 

 

 

 



publicado por Projecto Alexandra Solnado às 14:10
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Saiba como resolver a sua vida através da memória das suas Vidas Passadas
Alexandra Solnado
Alexandra Solnado tem-se dedicado, através dos cursos e terapias que desenvolveu no seu projecto espiritual, ao estudo e investigação do fenómeno da Reencarnação. Nomeadamente, de que forma é que poderemos melhorar, resolver e desbloquear os problemas da nossa vida actual, acedendo às memórias das nossas vidas passadas.

Uma abordagem terapêutica que, através da Regressão, tem permitido a milhares de pessoas descobrir quais as questões/emoções que trazem por resolver das suas vidas passadas, e como fazer para as ultrapassar no presente. É o desmontar dos segredos milenares de traumas e bloqueios que fomos acumulando ao longo das nossas vidas, para que possamos finalmente nos libertar e assim evoluir na nossa jornada espiritual.

Alexandra Solnado é autora de:
LUZ - Pergunte. O Céu Responde
A Alma Iluminada
Este Jesus Cristo Que Vos Fala, Livro 3 / A Era da Liberdade
Este Jesus Cristo Que Vos Fala, Livro 2 / A Lógica do Céu e a Lógica da Terra
Este Jesus Cristo Que Vos Fala, Livro 1/ A Entrega
A Minha Limpeza Espiritual (com CD de Exercícios)
O Eu Superior e Outras Lições de Vida (com CD de Exercícios)

Projecto Espiritual Alexandra Solnado – Terapia da Alma Site
Envie a sua questão
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações que só possam ter encaminhamento imediato. E-mail: vidas_passadas@sapo.pt
Pesquisar neste blog
 
Posts recentes

Prepara-te para Aquário

Arquétipo de Karma - Perd...

Arquétipo de Karma - Culp...

O que o céu propõe…eu ace...

Karma e as experiências n...

Energia e o caminho da Ab...

Almas Iluminadas...são vo...

LUZ ON-LINE – Para experi...

Emoção, Reencarnação… e o...

Tempo Emocional

Arquivo

Março 2016

Dezembro 2015

Outubro 2015

Julho 2015

Janeiro 2015

Outubro 2014

Setembro 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Tags

todas as tags

blogs SAPO
Subscrever feeds